Assessoria de Imprensa agora é Digital PR. Este novo trabalho é o que pode te levar ao topo de verdade

Acho importante, antes de falar sobre este novo produto, que substitui hoje o tradicional serviço de assessoria de imprensa, como é conhecido no Brasil ou relações públicas (RP) em vários países como nos Estados Unidos, entender o peso que ele tem na estratégia de posicionamento de uma marca e sua importância para chegar ao topo das buscas orgânicas e na construção de marcas no campo minado das redes sociais.

O trabalho de RP não se trata mais só de relacionamento com a imprensa e suas mídias. A forma de se comunicar transmuta a cada instante. É preciso dar um tempo e por mais que doa e leve um bom tempo para reestruturar seu departamento de marketing e comunicação, ele é vital para a sobrevivência e ganhar espaço no mundo real da concorrência. Quanto mais rápido for possível girar o botão, melhor para obter resultados que vão fazer de verdade efeito, dar relevância e engajamento às suas ações.

Vamos falar de verdade o que funciona para divulgar seus serviços, produtos e marcas com relevância e engajamento?

Se eu pudesse fazer uma coisa agora por você, seria de alguma forma te dar serenidade. Já percebeu o quanto todo mundo anda ansioso e sofrendo com os males que este sentimento traz? Com a velocidade e crescimento das redes sociais, quem trabalha com comunicação sabe muito bem do que estou falando. E se você é assessor de imprensa, imagino a insegurança em que vive.

De repente a estratégia de marketing se tornou calculo matemático e o trabalho de assessoria de imprensa (RP) nunca foi tão mal interpretado e incompreendido. Um dos setores que mais cresceu nas últimas décadas e que possibilitou que marcas e pessoas pudessem se posicionar de maneira inteligente, gerando reputação, oportunidades e consolidação, virou um incógnita, já que a maioria das empresas que oferecem serviços de comunicação e, principalmente as de marketing digital, tem vendido enganosamente planos que incluam assessoria de imprensa. Até as grandes mídias resolveram oferecer serviços de assessoria de imprensa por meio de espaços pagos definidos dentro de portais e blogs.

Não é muito difícil entender esse fenômeno. Profissionais atualizados sabem que somente um trabalho honesto e inteligente de RP pode dar efetivamente relevância a uma marca . Por isso, salve-se quem puder. Todo mundo agora quer vender assessoria de imprensa. Só que não! Calma, lá!

Dias atrás vi um anúncio de página inteira em um dos maiores jornais do país – Assessoria de Imprensa por R$ 899,00. Juro, fiquei confusa. Não sabia se entrava em pânico ou se me permitia rir um pouco achando aquilo engraçado. Será que alguém acredita nisso? E a resposta infelizmente é sim! Quem me mostrou tal anúncio foi um prospect em dúvida se fechava conosco ou não um novo contrato. Foi aí que decidi fazer este artigo para ajudar a tirar dúvidas de muitos profissionais da área.

Em primeiro lugar, preste atenção! O mundo não é tão mágico assim. A vida é feita de processos. Histórias não se constroem do dia para a noite. O trabalho de RP continua sendo o cérebro da comunicação. Os formatos mudaram sim, mas confie e aceite, porque o trabalho de assessoria de impresa melhorou e muito.

Aqui na AtitudeCom criamos novos núcleos para acompanhar as transformações, como o de relacionamento com influenciadores digitais e públicos especificadores de diferentes segmentos. Cada cliente ganhou novas ferramentas e oportunidades para se comunicar com seus públicos, em multiplataformas, mas sempre com relevância, engajamento e estratégia. Se eu posso dar uma dica para meus concorrentes é: contrate profissionais da área de comunicação que sejam criativos, hiperconectados e super bem informados, que são coisas bem diferentes. É o que apostamos e estamos crescendo com novas e inteligentes soluções.

O que as agências de assessoria de imprensa fazem hoje (as que souberam acompanhar as mudanças, é claro!), é o Digital PR ou relações públicas no ambiente digital. É uma combinação de tudo que você já conhece + o marketing de conteúdo ou influência + mídia social + o que você for capaz de criar e que possa fazer sentido dentro das estratégias e planos de comunicação. As notícias estáticas ganharam a possibilidade de se disseminarem em diferentes configurações. Não há limites. Finalmente, marcas podem conversar diretamente com seus públicos. Isso não é fantástico? E é exatamente aqui que continua a relevância do trabalho de um boa agência de assessoria de imprensa, pois o trabalho estratégico e de relacionamento só ela pode fazer. Isso não tem como mudar. Relacionar-se, seja isso arte ou ciência, deve ser feito por quem sabe fazer. Em tempos que cada um fala o que quer, onde quer e como bem quer, saber se comunicar é caso de vida ou morte.

Gerar opinião ainda é um trabalho de longa jornada. Comunicação se constrói e é preciso tempo e estratégia. Muitas empresas que dispensaram suas agências de RP por falta de saber lidar com as mudanças, hoje as chamam de volta para gerenciamentos de crise. Claro que parte desta culpa são das próprias agências que não souberem se reinventar e de muitas mídias que ainda resistem a formatos de outrora. Muitas dessas crises poderiam ser evitadas se não fossem pela rápida e inconseqüente decisão de substituir uma comunicação genuína por links patrocinados e conteúdos pagos.

O anúncio estimula e revela o espírito de uma marca, o marketing digital acelera, são os propulsores de vendas, mas o que faz alguém tomar uma decisão ainda é um conjunto de valores intrinsecamente conectados.

Em comunicação, nada mais funciona isoladamente. Isso sim é mágico! Agora somos interdependentes e teremos que aprender a nos amar. Por ora, é assim. Este é o mundo em que vivemos queira você ou não. Fazer de conta que isso não existe e pular processos só vai te enganar por um bom tempo.

Links patrocinados – Ora, se é patrocinado não é orgânico.

O marketing digital é fantástico. Sou apaixonada por este universo. Mas ele não vai sozinho disseminar sua notícia e construir reputação. Eu tenho ficado perplexa ao ver que muitos departamentos de marketing têm substituído o trabalho de RP por tão e somente planos de comunicação com altíssimos investimentos em links e espaços patrocinados. Para tudo! Espaços que dão relevância totalmente pagos não existem ainda!

Super comum encontrar empresas que tem aderido a ferramentas de divulgação que promovem marcas em espaços de “informe publicitário”, inclusive nos maiores portais como Exame, UOL e G1. Acreditar que estas “matérias” darão performance é realmente tapar o sol com a peneira. Não quero dizer com isso que optar por esta estratégia não seja valida. Mas dizer que isso vai te levar ao topo, mas não vai mesmo!

Ao ter sua notícia publicada nestes espaços devidamente marcados como patrocinados, a própria mídia deixa claro para os leitores que se trata de um espaço comprado. Afinal, onde ficaria a reputação destes canais? Quando você quer saber a veracidade de uma notícia ou obter dados relevantes sobre algo, em qual espaço da mídia se dirige?

Ferramentas milagrosas e instantâneas de disparos de notícias. Todo mundo sabe que o que é instantâneo só alimenta, mas não nutre. Percebe a diferença?

Surgiram também nos últimos anos ferramentas “milagrosas” de disparos de notícias, que também incluem em seus pacotes o envio instantâneo de notícias aos jornalistas e certeza de publicação em espaços comprados em portais. Mas creia, quem afirma isso é uma jornalista com 30 anos de carreira e 20 deles só com assessora de imprensa atendendo grandes marcas. Empresas que optam por este caminho devem cruzar os dedos e começar a rezar para que suas notícias sejam lidas no meio de centenas e centenas de e-mails que empanturram as caixas dos jornalistas todos os dias. Sem um trabalho de relacionamento com credibilidade e segurança da fonte, que século você pretende conquistar espaços relevantes? Um plano de comunicação para funcionar em sua essência tem que conter todas as plataformas e possibilidades de divulgação conectados, respeitando seus processos e tempo necessário para construir relevância.

Longe de mim dizer aqui que um único trabalho de Digital PR com suas infinitas possibilidades de ativações, vai solucionar tudo. Não se trata disso. Cada setor da comunicação é importante e tem seu papel decisor e incontestável.

Contato

Novos negócios, vagas, um bate-papo ou até um café. Fale com a gente

Alameda Terracota, 215 - Conjunto 1.124, Espaço Cerâmica, São Caetano do Sul, SP, 09531-190 maps